Intervenção Precoce

Destina-se ao apoio de 70 crianças com risco de alterações ou com alterações nas funções e estruturas do corpo, ou com risco grave de atraso de desenvolvimento, dos 0 aos 6 anos de idade, dos concelhos de Beja, Cuba, Alvito e Vidigueira e suas famílias. A Intervenção Precoce na Infância (IPI) é um conjunto de medidas de apoio integrado centrado na criança e na família, incluindo ações de natureza preventiva e reabilitativa, designadamente no âmbito da educação, da saúde e da ação social, de acordo com o Decreto-Lei n.º 281/2009, publicado em Diário da República, 1.ª Série – N.º 193 – 6 de Outubro.

  • Criar condições facilitadoras do desenvolvimento global da criança, minimizando o efeito de problemáticas associadas à condição de deficiência ou de risco de atraso grave do desenvolvimento, prevenindo eventuais sequelas;
  • Intervir junto das crianças e suas famílias nas diferentes áreas dos seus contextos de vida e promover o seu desenvolvimento nos domínios chave;
  • Fomentar práticas de “empowerment” nas crianças e suas famílias;
  • Promover a inclusão dos clientes e suas famílias;
  • Apoiar as famílias no acesso a serviços

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Shadow

  • Elaboração e implementação do Plano Individual de Intervenção Precoce de cada cliente/família;
  • Divulgação o trabalho desenvolvido pela ELI junto da comunidade e entidades envolvidas;
  • Promover e fomentar a formação dos técnicos da ELI;

A área de intervenção abrange quatro concelhos: Beja, Cuba, Alvito e Vidigueira.

  • Educadoras de Infância;
  • Assistente Social;
  • Psicóloga Educacional;
  • Fisioterapeuta;
  • Terapeuta da Fala;

 

Nome: Alexandra Rosa 

Contacto: eidbeja@gmail.com